domingo, 30 de maio de 2010

Para Reflectir... ( II )


"As duas propostas"

"Pensar, sentir e atuar na mesma direção, e tratar a outros como desejamos ser tratados, são duas propostas tão simples que podem ser entendidas como simples ingenuidades por gente habituada às complicações.

No entanto, por trás dessa aparente candura há uma nova escala de valores, em cujo ponto mais alto se põe a coerência; uma nova moral para a que não é indiferente qualquer tipo de ação; uma nova aspiração que implica sermos consequentes no esforço para dar direção aos eventos humanos. 

Por trás dessa aparente candura se aposta pelo sentido da vida pessoal e social que será verdadeiramente evolutivo ou marchará à desintegração. Não podemos já confiar em que velhos valores dêem coesão às pessoas em um tecido social que dia a dia se deteriora pela desconfiança, o isolamento e o individualismo crescentes. 

A antiga solidariedade entre os membros de classes, associações, instituições e grupos vai sendo substituída pela concorrência selvagem à qual não escapa o casal nem a irmandade familiar. Neste processo de demolição não se elevará uma nova solidariedade sobre a base de idéias e comportamentos de um mundo que se foi, mas graças à necessidade concreta de cada um de direcionar sua vida, para o qual terá que modificar seu próprio meio. 

Essa modificação, se for verdadeira e profunda, não pode ser posta em marcha por imposições, por leis externas ou por fanatismos de qualquer tipo, mas pelo poder da opinião e da ação mínima conjunta entre as pessoas que fazem parte do meio em que cada um vive."

Excerto de "A MUDANÇA E A CRISE"
"(Com base na Carta III, do Livro “Cartas a Meus Amigos”) de SILO"

 Porquê estas minhas transcrições??

Porque acredito piamente que melhor do que CRITICAR é preciso CONSTRUIR de dentro para fora...

Se cada um de nós, tiver o hábito de ao fim de um dia REFLECTIR sobre as suas acções desse dia, e de forma crítica e construtiva representar mentalmente  o que poderia melhorar nessas acções, de uma forma coerente, tendo em conta as premissas: -


"Pensar, sentir e actuar na mesma direcção", e "Tratar a outros como desejamos ser tratados"

- tenho a certeza que esta forma de estar na vida pode contribuir a seu tempo, para o surgimento de um mundo melhor, para o surgimento de uma Nova Ordem Mundial, sem opressores nem oprimidos, porque finalmente estaremos no mesmo plano do HUMANO...


Utópico?!  - Talvez!
Moroso?! - Sem dúvida.


Mas será que quem me lê pode afirmar, que a actual situação do país e do mundo é aquela que desejou, e ajudou a construir?!


Talvez a tenha ajudado a construir, sim, por acção ou omissão, mas seguramente que não a desejou!


No entanto, aceito sugestões de MUDANÇA ( a começar em nós próprios, claro).

5 comentários:

voz a 0 db disse...

Olá...
Primeiro um reparo, se me permite...
A Critica é fundamental, e você primeiro é "contra" "...Porque acredito piamente que melhor do que CRITICAR...", e depois é a favor "...EFLECTIR sobre as suas acções desse dia, e de forma crítica..."! Sei qual o sentido pretendido para o "CRITICAR", não devemos CRITICAR só por CRITICAR, nem fazer CRITICAS sempre destrutivas... mas concordamos que a CRITICA é um meio para se alterar e reflectir, como bem escreveu, os pensamentos e as atitudes...
Mudança: Aprender a OUVIR até ao FIM uma ideia de outra pessoa apesar de ser contrária à nossa.

Fenix disse...

Olá "voz a 0 db",

Apreendeu o sentido!
Grata pelo contributo.

voz a 0 db disse...

Sempre um prazer...

Catarina disse...

Olá Fénix!
Tinha pensado em si há dias: Por onde andará a Fénix que não a “vejo” em lado nenhum! Como se sente?
Gostei do post. E concordo em absoluto. Acredito na reflexão, acredito na crítica construtiva... acredito que cada um de nós pode fazer uma diferença.
Um abraço amigo.

Fenix disse...

Olá Catarina!

Grata pela visita. Eu estou bem. Ainda bem que gostou e partilha da mesma opinião.
Vá à sua caixa de correio!
Beijo